Hospital Lifecenter | Blog
Serviços Hospitalares
  • Consultas e exames
  • Pronto Atendimento
  • Cirurgias e Procedimentos
  • Diagnóstico e tratamento de lesões intra cranianas
  • Embolização de tumores benignos e malignos e mal formações vasculares
  • Laboratório de Hemodinâmica
  • Terapia Intensiva
  • Internação Hospitalar
  • Especialidades Médicas
  • Anestesiologia
  • Arritmologia cardíaca
  • Cardiologia clinica
  • Cardiologia Intervencionista
  • Cirurgia bariátrica
  • Cirurgia buco-maxilo-facial
  • Cirurgia cardiovascular
  • Cirurgia coloproctologica
  • Cirurgia de cabeça e pescoço
  • Cirurgia de coluna
  • Cirurgia de joelho
  • Cirurgia de mão
  • Cirurgia de quadril
  • Cirurgia endovascular
  • Cirurgia geral e digestiva
  • Cirurgia ginecológica
  • Cirurgia hepato-bileo-pancreatica
  • Cirurgia otorrinolaringológica
  • Cirurgia plástica estética e reparadora
  • Cirurgia torácica
  • Cirurgia urológica
  • Cirurgia vascular
  • Clínica médica
  • Coloproctologia
  • Eletrofisiologia cardíaca
  • Endocrinologia
  • Gastroenterologia e Nutrologia
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hemodinâmica
  • Hepatologia
  • Infectologia
  • Medicina de urgência
  • Medicina Interna
  • Nefrologia
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Neurorradiologia
  • Oncologia
  • Ortopedia e traumatologia
  • Ortopedia Oncológica
  • Otorrinolaringologia
  • Reumatologia
  • Terapia intensiva de adultos
  • Urologia
  • Especialidades Multiprofissionais
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição e dietética
  • Psicologia Clínica Hospitalar
  • Blog

    Dia Mundial da Saúde 2019


    Postado em 07/04/2019



    O dia 7 de abril é marcado, no calendário de saúde, como o DIA MUNDIAL DA SAÚDE, pela OMS.


    Para 2019, o organismo internacional definiu dez tópicos de atenção, sendo eles, sem ordem especifica de prioridade, a poluição do ar e mudanças climáticas, as doenças crônicas não transmissíveis, a pandemia de gripe, os cenários de fragilidade e vulnerabilidade, a resistência microbiana, o combate ao vírus Ebola, a atenção primária à saúde, a relutância em vacinar, a Dengue e o HIV.


    Podemos agrupar estes tópicos em fatores ambientais, doenças transmissíveis, doenças não transmissíveis e acesso à assistência em saúde e suas tecnologias. Aqui abordarei a questão do acesso à assistência e tecnologias avançadas que podem contribuir para ampliação do acesso e maior precisão no diagnóstico e tratamento.


    Este último grupo envolve os avanços observados na área de saúde e que ainda não estão, por razões diversas, à disposição da população. Dois exemplos seriam os testes rápidos para identificação de bactérias e genes de resistência microbiana e a Telemedicina.


    Os testes rápidos, em suas diversas modalidades, estão disponíveis, porém a um custo unitário ainda elevado. São exames que reduzem o tempo de espera pelo resultado de alguns dias (geralmente 7 dias) a algumas horas, o que possibilita a instituição do tratamento com o antimicrobiano correto para o tipo de germe identificado. Ainda não alcança todos os germes, mas uma ampla gama dos mais frequentes já é identificada.


    Em relação ao acesso, sabemos da dificuldade de se fixar profissionais de saúde, sobretudo especialistas, em regiões remotas, ou mesmo nas periferias das grandes cidades. Além da dificuldade econômica, há também a falta de racionalidade, uma vez que pode não haver habitantes em número suficiente para a jornada do especialista, o que acaba acarretando a desassistência.


    Para mitigar o problema, a ferramenta da Telemedicina, recentemente alvo de intenso e acalorado debate no meio médico, pode auxiliar muito.


    Através da presença de um Médico Generalista no Posto de Saúde, munido de uma câmera de alta resolução e conexão rápida e estável à internet, um especialista, localizado em um centro maior, pode orientar o exame clínico, auxiliar na análise de resultados de exames especializados e orientar o melhor tratamento, no próprio local ou transferindo-se o paciente para um centro especializado.


    Isto traria racionalidade e redução de custos para o sistema como um todo, beneficiando enormemente a população mais vulnerável. Exemplos já existem, como programas de detecção de AVC, telerradiologia, auxilio na interpretação de eletrocardiograma, dentre outros.


    E enquanto discutimos a tele consulta assistida e os tele exames, a China já realizou a primeira Tele Cirurgia Robótica.


    Urge que nossas autoridades regulem o tema e promovam o acesso da população aos recursos disponíveis.


    Saúde!


    Dia Mundial da Saúde 2019. Dr. José Américo, diretor técnico do Hospital Lifecenter.


    Dr. José Américo C. Bahia Filho 
    Diretor técnico do Hospital Lifecenter


    Este post possui 0 comentários.

    Deixe um Comentário