Hospital Lifecenter | Blog
Serviços Hospitalares
  • Consultas e exames
  • Pronto Atendimento
  • Cirurgias e Procedimentos
  • Diagnóstico e tratamento de lesões intra cranianas
  • Embolização de tumores benignos e malignos e mal formações vasculares
  • Laboratório de Hemodinâmica
  • Terapia Intensiva
  • Internação Hospitalar
  • Especialidades Médicas
  • Anestesiologia
  • Arritmologia cardíaca
  • Cardiologia clinica
  • Cardiologia Intervencionista
  • Cirurgia bariátrica
  • Cirurgia buco-maxilo-facial
  • Cirurgia cardiovascular
  • Cirurgia coloproctologica
  • Cirurgia de cabeça e pescoço
  • Cirurgia de coluna
  • Cirurgia de joelho
  • Cirurgia de mão
  • Cirurgia de quadril
  • Cirurgia endovascular
  • Cirurgia geral e digestiva
  • Cirurgia ginecológica
  • Cirurgia hepato-bileo-pancreatica
  • Cirurgia otorrinolaringológica
  • Cirurgia plástica estética e reparadora
  • Cirurgia torácica
  • Cirurgia urológica
  • Cirurgia vascular
  • Clínica médica
  • Coloproctologia
  • Eletrofisiologia cardíaca
  • Endocrinologia
  • Gastroenterologia e Nutrologia
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hemodinâmica
  • Hepatologia
  • Infectologia
  • Medicina de urgência
  • Medicina Interna
  • Nefrologia
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Neurorradiologia
  • Oncologia
  • Ortopedia e traumatologia
  • Ortopedia Oncológica
  • Otorrinolaringologia
  • Reumatologia
  • Terapia intensiva de adultos
  • Urologia
  • Especialidades Multiprofissionais
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição e dietética
  • Psicologia Clínica Hospitalar
  • Blog

    Sarampo: prevenção, sintomas e tratamento


    Postado em 02/09/2019



    O Brasil, em 2016, recebeu o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo, concedido pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Entretanto, no ano passado, o país voltou a registrar casos da doença. A situação agravou e atualmente algumas regiões enfrentam um surto.


    O sarampo é causado por um vírus altamente contagioso e de caráter epidêmico. Entre 2 de junho e 24 de agosto de 2019, já foram confirmados 2.331 casos de sarampo em 13 estados no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. Portanto a prevenção é fundamental. Afinal, a doença pode causar complicações sérias e levar a morte.


    A seguir, você vai saber mais sobre a doença, seus principais sintomas, as formas de transmissão e de prevenção. Confira!


    Como prevenir


    Antes de começar a falar sobre os sintomas do sarampo é importante destacar as formas de prevenção. Afinal estamos falando de uma doença que possui vacina. Portanto fique atento ao seu cartão e ao de seus familiares. Na dúvida, procure um centro de vacinação com o cartão para ser orientado.


    Para proteger as crianças do aumento de casos da doença no Brasil foi criada a dose zero. Toda criança a partir de 6 meses e menor de 1 ano deve receber essa dose extra. Já a primeira dose deve ser tomada com 1 ano e a segunda e última aos 15 meses.


    Para os adultos, o Ministério da Saúde tem a seguinte recomendação: se tiver recebido apenas uma dose e tem entre 1 e 29 anos, é recomendável a segunda; se não tomou a vacina ou não lembra, é necessário tomar duas doses se tem entre 1 e 29 anos ou uma dose se tem de 30 a 49 anos. Quem já tomou as duas doses está protegido. A vacinação é contraindicada para mulheres gestantes.


    Continue a leitura e conheça os sintomas da doença.


    Sintomas do sarampo


    Os principais sintomas do sarampo são febre, tosse, irritação nos olhos, nariz com secreção ou entupido e mal-estar intenso. Do terceiro ao quinto dia pode aparecer sinais como manchas vermelhas no rosto que progridem até os pés. Nos bebês, o principal sintoma é a febre alta, em torno de 39º, e pode aparecer manchas rosadas nos braços e nas pernas.


    O avanço das manchas e a persistência da febre pode indicar uma situação grave, principalmente para crianças menores de 5 anos. Na presença de qualquer um desses sinais, procure o serviço médico imediatamente.


    A doença também pode evoluir, deixar sequelas e até levar à morte. Nas crianças pode causar pneumonia, infecções de ouvido e encefalite aguda. Nos adultos, a pneumonia é a maior preocupação.


    Agora que você já sabe quais são os principais sintomas, confira como é feito o tratamento.


    Tratamento


    Não existe tratamento específico para o sarampo. Os medicamentos visam aliviar os sintomas da doença. Como sabemos que a automedicação traz sérios riscos para a nossa saúde, se sentir qualquer sintoma é necessário procurar o atendimento médico.


    Além da medicação receitada pelo profissional, o paciente deve fazer repouso durante todo o período de infecção, ter uma alimentação leve e beber bastante líquido.


    Transmissão do sarampo


    Como foi destacado no início deste texto, o sarampo é uma doença com alto potencial contagioso. A transmissão pode acontecer por meio de secreções, como a saliva eliminada na tosse, beijo, espirro e fala. Também é possível o contágio pelas gotículas contaminadas no ar, o que torna mais fácil a propagação.


    O período mais forte de contágio é durante a fase mais ativa da doença, ou seja, quando o paciente apresenta mal-estar e febre alta. Porém a transmissão pode ocorrer antes mesmo do aparecimento dos sintomas e ir até o quarto dia depois do surgimento das manchas vermelhas.


    A principal lição deste artigo é, sem dúvidas, a importância da prevenção ao sarampo. Verifique o seu cartão de vacina e divulgue a informação para toda a família. Aproveite e compartilhe o texto nas redes sociais para alertar os seus amigos.


    Se ficou com alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário.


    Este post possui 0 comentários.
    iMuchswOtUXQ 02/09/2019 18:38:48

    Aguardando Moderação

    Deixe um Comentário