Hospital Lifecenter | Blog
Serviços Hospitalares
  • Consultas e exames
  • Pronto Atendimento
  • Cirurgias e Procedimentos
  • Diagnóstico e tratamento de lesões intra cranianas
  • Embolização de tumores benignos e malignos e mal formações vasculares
  • Laboratório de Hemodinâmica
  • Terapia Intensiva
  • Internação Hospitalar
  • Especialidades Médicas
  • Anestesiologia
  • Arritmologia cardíaca
  • Cardiologia clinica
  • Cardiologia Intervencionista
  • Cirurgia bariátrica
  • Cirurgia buco-maxilo-facial
  • Cirurgia cardiovascular
  • Cirurgia coloproctologica
  • Cirurgia de cabeça e pescoço
  • Cirurgia de coluna
  • Cirurgia de joelho
  • Cirurgia de mão
  • Cirurgia de quadril
  • Cirurgia endovascular
  • Cirurgia geral e digestiva
  • Cirurgia ginecológica
  • Cirurgia hepato-bileo-pancreatica
  • Cirurgia otorrinolaringológica
  • Cirurgia plástica estética e reparadora
  • Cirurgia torácica
  • Cirurgia urológica
  • Cirurgia vascular
  • Clínica médica
  • Coloproctologia
  • Eletrofisiologia cardíaca
  • Endocrinologia
  • Gastroenterologia e Nutrologia
  • Ginecologia
  • Hematologia
  • Hemodinâmica
  • Hepatologia
  • Infectologia
  • Medicina de urgência
  • Medicina Interna
  • Nefrologia
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Neurorradiologia
  • Oncologia
  • Ortopedia e traumatologia
  • Ortopedia Oncológica
  • Otorrinolaringologia
  • Reumatologia
  • Terapia intensiva de adultos
  • Urologia
  • Especialidades Multiprofissionais
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição e dietética
  • Psicologia Clínica Hospitalar
  • Blog

    Saúde do homem: prevenção é palavra de ordem


    Postado em 28/11/2019



    Segundo o Ministério da Saúde, os homens vivem em média 7,2 anos a menos que as mulheres. O perfil de morbimortalidade masculina levantado pela pasta aponta que existem vários motivos para a taxa de morte e adoecimento do homem serem maiores, como envolvimento em situações de violência e maior incidência em acidentes de trânsito e de trabalho.


    A atenção para a saúde é outro ponto que merece cuidado. “Um aspecto importante para essa diferença no tempo de vida é que os homens fazem menos visitas periódicas ao médico”, alerta o médico urologista do Hospital Lifecenter, Dr. Hudson Nascif. Para saber mais sobre o trabalho desse profissional, leia este outro artigo em nosso blog.


    Portanto, prevenção é a palavra de ordem para melhorar a saúde masculina e a necessidade da mudança de cultura nesse aspecto é urgente. Neste artigo abordamos a importância do cuidado do homem com sua saúde e como as campanhas mundiais têm ajudado nessa missão. Confira!


    É preciso mudança na cultura


    Provavelmente você já ouviu falar “homem não vai ao médico”, ou “homem só vai ao médico se estiver morrendo”, não é mesmo? E isso não deixa de ser verdade. De modo geral, as mulheres se consultam mais, procuram mais ajuda e, principalmente, levam seus tratamentos mais a sério.


    O médico Hudson Nascif confirma que os homens praticamente crescem sem ações preventivas de doenças e sem orientação especializada quanto à promoção da saúde. “Enquanto a mulher visita o ginecologista uma vez ao ano a partir da puberdade, os homens não criam essa cultura desde a juventude e sua ida ao médico ocorre, em sua maioria, no serviço de pronto atendimento ou quando alguma doença já está instalada”, conta.


    Campanhas mundo afora


    A comunidade médica e a sociedade têm trabalhado ativamente nos últimos anos para mudar a cultura da saúde. Tornou-se comum associar uma cor a um mês do ano como uma ferramenta de conscientização da população sobre temas diversos da área da saúde como o câncer e outras doenças.


    A campanha Outubro Rosa, contra o câncer de mama, é a mais famosa de todas e alerta o mundo para a saúde preventiva da mulher. O movimento passou a dividir a atenção das pessoas com o Novembro Azul, que aborda a importância da prevenção contra o câncer de próstata.



    Dois movimentos que têm como ideia central alertar a sociedade para ficar mais atenta à sua saúde, ajudando-a a vencer preconceitos e a buscar mais qualidade de vida e longevidade. Para saber mais sobre a saúde do homem, leia este texto no Blog do Lifecenter e continue a leitura deste artigo.


    O câncer de próstata


    No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (INCA). É a segunda principal causa de morte por câncer em homens no país - cerca de 14 mil óbitos por ano. Mas você sabe o que é a próstata? Onde está localizada? Qual a sua função?


    A próstata é uma glândula que só o homem possui e localiza-se na parte baixa do abdômen, logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Produz parte do sêmen, líquido espesso liberado durante o ato sexual que contém os espermatozoides.


    Alguns sintomas de presença de tumor são a dificuldade de urinar, frequência urinária alterada e diminuição da força do jato da urina. Ocorre que, na fase inicial, por apresentar poucos sintomas e ser uma doença praticamente silenciosa, o câncer de próstata pode evoluir sem o homem perceber e, quando este procurar atendimento, a doença já estará em fase avançada, dificultando a cura.


    Por isso a importância da prevenção. “A recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) é de fazer uma investigação anual a partir dos 45 anos pra quem tem histórico familiar desse tipo de câncer e a partir dos 50 anos para os que não possuem casos na família” alerta Dr. Hudson.


    O Novembro Azul para a prevenção


    Desde 2003, o mês de novembro é dedicado à conscientização mundial para prevenção de doenças masculinas, com enfoque na prevenção, no diagnóstico precoce do câncer de próstata e na quebra de preconceitos.


    Com boa aceitação, a campanha cresce a cada ano, ganha mais adesão e faz o interesse das pessoas aumentar em relação à doença, tratamento e cura. A campanha tem colaborado para que a cultura de prevenção ganhe força.


    “Tivemos uma melhora geral, o preconceito tem diminuído ao longo do tempo, mas ainda precisamos avançar. Não podemos nos prender apenas às campanhas mensais, mas sim fazer um trabalho contínuo e permanente de acesso à informação e orientação para a mudança de hábitos”, finaliza Dr. Hudson.


    Percebeu como a prevenção é importante? Se depois de ler esse texto você ficou motivado e deseja se consultar com um médico, você pode contar com a Central de Consultas do Hospital Lifecenter. Nós temos mais de 40 especialidades.


    Que tal também alertar aquele seu amigo ou familiar para que busque orientação sobre a saúde? Então compartilhe esse texto nas redes sociais.


    Pensou em saúde, pensou Lifecenter.


    Este post possui 0 comentários.

    Deixe um Comentário